Textos

SEU POEMA

Está bonito assim escrito,
E por você, com sua voz, dito
Chega a mim como um grito
De um coração faminto, disposto a ir ao infinito.

Indo até lá, pronto para destruir esse desditoso
Momento, em que tudo é silencioso,
Beirando à mágoa, fazendo-se maldoso
Diante de um amor tão grande, delicioso.

Amor residente em corações distantes,
Morando em corpos descontentes,
Vivendo em chamas ardentes
Clamando por momentos contentes.
Ismeraldo Pereira
Enviado por Ismeraldo Pereira em 01/02/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Áudios Relacionados:
SEU POEMA - Ismeraldo Pereira


Comentários