Textos


MANDALA

Quando hoje procurava
Por algo que olhando,
Bela imagem formando
O amor representava,

Saí por aí de coração aberto,
Receptivo, sem preconceito,
Permitindo a este algo perfeito
Em mim se fazer manifesto.

Caminhei por toda a cidade.
Vi nas casas, prédios, belas arquiteturas;
Nas galerias de artes, belas pinturas,
Em tudo formosura. Para amor falta docilidade.

Olhei para onde não têm as mãos dos homens,
Vi voos de pássaros, os desenhos das nuvens,
As cores do céu com sol nascente e poente.
Neles muita candura, mas de amor não frequente.

Passeei por onde comungam homens e natureza,
Local onde a beleza de Deus se faz presente,
Ambiente onde tudo se faz alegria permanente:
No jardim. Lá vi lírio branco e nele amor com riqueza.

Com ele em pensamento fiz a mandala,
Certo de que a magia com esta bela flor,
Que junta energia harmônica do amor,
Aproxima os que amam, e de distância não se fala.
Ismeraldo Pereira
Enviado por Ismeraldo Pereira em 25/12/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários