Ismeraldo Pereira Sousa
"Que pode uma criatura senão, entre criaturas, amar?" Drummond
Capa Meu Diário Textos Áudios Fotos Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato Links
Áudios
PERFEITO
Data: 27/08/2018
Créditos:
Texto: PERFEITO
Autoria: Ismeraldo Pereira Sousa
Voz: Ismeraldo Pereira Sousa
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
PERFEITO

Dizes deste dia ser quase perfeito:
Um amanhecer com banho de chuva
Seguido de brilhante Sol como luva
envolveram tua alma e teu peito.

Neste dia, onde fica o defeito?
A natureza aos teus pés curva,
Entrega-se, limpa tua visão turva
Levando-te ao suspiro, por efeito.

Entregando-te a pintura completa
Sem faltar à noite a cheia Lua,
Impecável, de beleza repleta,

Ainda assim, por fim, tens razão,
Falta algo na alegria tua:
A presença dela na tua visão.

 
Enviado por Ismeraldo Pereira em 27/08/2018
Comentários
Capa Meu Diário Textos Áudios Fotos Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato Links