Ismeraldo Pereira Sousa
"Que pode uma criatura senão, entre criaturas, amar?" Drummond
Capa Meu Diário Textos Áudios Fotos Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato Links
Áudios
TUA VOZ
Data: 30/07/2019
Créditos:
Título do texto: TUA VOZ
Autor: Ismeraldo Pereira Sousa
Voz: Ismeraldo Pereira Sousa
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
TUA VOZ

Não foi a Lua iluminada desta noite.
Não foi o Sol brilhante de hoje a queimar.
Acredito, foi a tua voz do pernoite
Nestes meus ouvidos a sussurrar.

A Lua, tão bela, sim, eu contemplei.
No Sol desta manhã eu me aqueci.
Mas tua voz noturna não esqueci.
Qual desses três, então, assim me fez?

Impossível não admirar a Lua,
Ou no calor do Sol não aquecer!
Mas é certo: só tu e o ouvir a voz tua
Fazem o amor em mim por ti crescer.

 
Enviado por Ismeraldo Pereira em 29/07/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
Capa Meu Diário Textos Áudios Fotos Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato Links