Ismeraldo Pereira Sousa
"Que pode uma criatura senão, entre criaturas, amar?" Drummond
Capa Meu Diário Textos Áudios Fotos Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato Links
Textos
MÃO DA AMADA

A amada incontida
o beijo anuncia
com a mão
no ar a bailar
num gesto de venha
frenético.


Mão desejosa
de afagar,
apertar,
não largar.

Mão que sabe dizer sim,
sabe noutra entrelaçar,
transferir seu calor
e pintar de rubor
o eterno amor.
Ismeraldo Pereira
Enviado por Ismeraldo Pereira em 30/08/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
Capa Meu Diário Textos Áudios Fotos Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato Links