Ismeraldo Pereira Sousa
"Que pode uma criatura senão, entre criaturas, amar?" Drummond
Capa Meu Diário Textos Áudios Fotos Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato Links
Textos
O AMOR NA REDE

No balanço dessa rede
a brisa beija seu rosto.
De você vem o sorriso
e prova ela ter bom gosto.
 
Se a brisa não a beijasse...
Seu sorriso não aflorasse...
Ah, se eu pudesse e voasse
e a embalasse... e você risse!

 
Ismeraldo Pereira
Enviado por Ismeraldo Pereira em 02/09/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
Capa Meu Diário Textos Áudios Fotos Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato Links